sábado, 26 de fevereiro de 2022

Escola e Residência de Docentes Fass / Toshiko Mori Architect




Descrição enviada pela equipe de projeto. Localizada em uma área remota do Senegal, a nova Escola e Residência para Docentes Fass é a primeira, num entorno de 110 vilas, a promover a tradicional formação ocidental junto dos ensinamentos do Alcorão, tradicionais textos do islã. A escola atende mais de 300 alunos, com idade dos 5 aos 10 anos e se desenvolveu com a colaboração da Fundação Josef e Anni Albers e também da ONG Le Korsa.



Inspirada na One Room School House, na zona rural dos Estados Unidos, onde Josef Albers um dia lecionou, o projeto da escola acomoda estudantes de diferentes idades e estágios de aprendizado. O projeto determina quatro salas de aula e dois espaços flexíveis organizados envolta do pátio central. A forma oval viabiliza uma circulação fácil entre as salas de aula, permitindo que os professores da escola se movam rapidamente entre os espaços de ensino. A disposição das paredes do perímetro, e as diferenças de pé-direito, criam uma variação de ambientes dentro do mesmo edifício.

A forma do edifício faz referência às técnicas vernaculares, enquanto sua construção se utiliza das técnicas e materiais locais. Elementos metálicos e de bambu estruturam paredes de tijolos de barro, que são pintados de branco para desviar o calor e também são perfurados para permitir ventilação e fluxo de ventos dentro do edifício. Em uma adaptação do tradicional telhado de palha, a cobertura considera o conforto térmico fornecendo um isolamento eficaz contra o calor extremo. A geometria preza pelo efeito chaminé, que permite que o ar quente saia por cima, e o ar fresco se espalhe pelos espaços de estar. Com a inclinação de, no mínimo, 45º, esta forma única também maximiza o escoamento da água da chuva, a qual é levada para um canal que circunda o edifício e deságua em direção ao aquífero existente.



__________________________

Via Archdaily

Editora: Naely Ferreira da Cruz

Fotografias: Sofia Verzbolovskis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.