sábado, 30 de janeiro de 2021

6 museus que você pode visitar da sua casa

Com a pandemia do novo coronavírus se espalhando rapidamente, diversas instituições culturais fecharam as portas. Mas isso não quer dizer que não é possível conhecê-las e aprender um pouco mais sobre suas obras aos finais de semana. O site Arts & Culture (Artes e Cultura), do Google, disponibiliza a visualização do interior e, claro, das obras de diversos museus do mundo. 

E se você quiser ver como uma dessas obras ficaria na sua parede — só por curiosidade — a versão para celular também permite visualizar como a tela ficaria no seu cômodo. Para ativar o recurso, baixe o aplicativo e permita o acesso à sua câmera, clique no ícone em formato de caixa no canto inferior direito e faça movimentos circulares com o telefone apontando para o chão. Depois, arraste a pintura para o local pontilhado que aparecerá na sua tela e pronto! Agora você pode ver a obra como se ela estivesse bem na sua frente. Ela também ficará ampliada, para que você consiga enxergar a pintura com o máximo de detalhes. Incrível, não? Mas fique atento: infelizmente, nem todas as obras do app permitem essa visualização.

1. Musée d’Orsay, na França

O Museu, que já foi eleito o melhor do mundo em 2018, reúne obras importantes como o Auto-Retrato de Van Gogh e os Lírios d’Água Azuis, de Monet. Um prato cheio para quem gosta do período impressionista! O Google Arts & Culture permite que o usuário veja também os corredores no museu, por meio de um recurso similar ao do Street View.



2. Museu de Van Gogh, em Amsterdã, Holanda

Além de, claro, abrigar obras importantes do pintor holandês, o app também reúne curiosidades a respeito de Van Gogh como, por exemplo, quais livros preferidos do artista. Sabia que ele adorava Charles Dickens?




3. Museu Nacional, de Cracóvia, na Polônia

Apesar de não ser um destino turístico tão conhecido, a cidade de Cracóvia, na Polônia, oferece um cenário cultural muito interessante. O Museu Nacional de Cracóvia foi, até o fim da Primeira Guerra Mundial, a única instituição de cultura deste porte acessível aos cidadãos poloneses. A jóia rara do local é um quadro de Da Vinci, A Dama com Arminho. Mas o museu também tem, claro, uma ótima coleção histórica de arte polonesa. A coleção “Polônia Jovem”, por exemplo, é encantadora.






4. Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, na Espanha

Conhecido como uma referência no quesito arte moderna, o museu espanhol abriga obras importantes de nomes como Salvador Dalí e Juan Gris. Pelo app, um dos grandes destaques são as fotografias do período da Guerra Civil Espanhola.









5. Museu da Frida Kahlo, no México

Frida Kahlo é uma das artistas mais mencionadas da cultura pop, mas o que você realmente conhece sobre seu trabalho? A Casa Azul, onde a artista nasceu e viveu, foi transformada no Museu Frida Kahlo, na Cidade do México. A instituição conta com diversos trabalhos, sobretudo da era cubista, feitos pela artista e seu marido, o também pintor Diego Rivera.



6. Museu de Israel, em Jerusalém

Além de ser a maior instituição cultural de Israel, o museu é também uma instituição de pesquisa arqueológica. Uma ótima pedida para entender mais sobre a história dos judeus é a exposição online “Questões de Identidade”, disponível no app.



Via Casa Vogue

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.