domingo, 16 de janeiro de 2022

Zaha Hadid Architects vence concurso para a reforma da antiga estação ferroviária de Vilnius, Lituânia

O escritório Zaha Hadid Architects acaba de ser eleito o vencedor do concurso internacional para o projeto da nova Estação Central de Trens da cidade de Vilnius, na Lituânia. Chamado pela equipe de ‘Green Connect’, o projeto procura estabelecer um novo centro integrado de transportes assim como promover a reurbanização e a qualidade de vida no centro da cidade—além de estar alinhado com o plano de desenvolvimento sustentável de Vilnius para os próximos anos. Priorizando pedestres e ciclistas, a proposta desenvolvida pela ZHA pretende modernizar a antiga estação ferroviária de Vilnius, incorporando uma nova passarela sobre os trilhos conectando o bairro de Naujininkai com o centro da cidade.

Dessa forma, a proposta ressignificará a “infraestrutura ferroviária existente, permeando-a de forma a restabelecer o vínculo entre distintas áreas da cidade, além e servir como um novo centro intermodal de transportes para toda a região, conectando o país à nova linha ferroviária do Báltico, que aproximará ainda mais a Lituânia dos seus países vizinhos do norte da Europa”.

O concurso foi organizado pela companhia que administra a rede ferroviária no país, a Lietuvos Geležinkeliai, em parceria com a Prefeitura de Vilnius, e o projeto selecionado busca reaproveitar a estrutura existente da estação, acrescentando uma nova passarela e outros 9.500 m2 de áreas úteis ao antigo edifício. As novas plataformas de embarque estão situadas em uma plataforma suspensa de 46 metros de largura e 150 metros de comprimento, além disso, “a estrutra da nova passarela se transforma gradualmente ao longo de seu comprimento; fluindo desde a cobertura inclinada do telhado, definido pelo frontão triangular da antiga estação neoclássica, para então assumir formas e geometrias mais suaves e dinâmicas, minimizando a escala do edifício junto ao novo acesso principal no bairro de Naujininkai”.

Para saber mais, Confira!

Via: Archdaily Editora: Carolina Tomazoni Siniscarchio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.