domingo, 7 de novembro de 2021

Vantagens do Tijolo Ecológico


Feito com solo, cimento, água e outros materiais selecionados, o tijolo ecológico é um produto amplamente utilizado na construção civil de norte a sul do Brasil e também no exterior. As vantagens do tijolo ecológico de solocimento são muitas. Normatizado pelas normas da ABNT NBR 8491:2012 e NBR 8492:2012, o tijolo ecológico de solocimento confere características de resistência, absorção e geometria que atendem os padrões construtivos exigidos. Tais características proporcionam uma qualidade ao tijolo ecológico de solocimento que muitas vezes supera os tradicionais tijolos maciços ou baianos.  

O tijolo ecológico tem uma fabricação mais sustentável que os convencionais, pois é curado (secagem da mistura) somente com água, sombra e tempo de descanso, enquanto os tijolos convencionais (maciço, baiano) utilizam a queima de lenhas (causando desmatamento de árvores e emissão de gases poluentes) ou uso intensivo de energia elétrica para seu enrijecimento. Além disso, o tijolo ecológico é mais sustentável por utilizar uma quantidade menor de cimento em comparação com blocos de cimento e também na obra (massa de assentamento, reboco etc.), tudo isso sem perder nas características de qualidade.  

Além das vantagens do tijolo ecológico em termos ecológicos, a construção com tijolo ecológico pode ter um preço bem mais acessível que as convencionais devido à qualidade do acabamento deste tipo de tijolo e outras características funcionais. É possível deixar o tijolo ecológico aparente e também o tijolo é assentado sem concreto, somente com filetes de argamassa ou cola PVA. Isso pode reduzir muito o investimento necessário, nas etapas de execução de alvenaria e acabamento mediante a redução ou mesmo eliminação de materiais de chapisco, emboço, reboque, pintura, massa de asssentamento, caixaria para execução de colunas, quebra-quebra para passar tubulações e conduítes e, talvez o mais importante, tempo de mão de obra.  

Em estudo comparativo realizado pela Tijolos Ecológicos Trindade, a partir de dados de diversas fontes (TCC do Eng. Renê Ferreira do UNIS – Varginha/MG, SINAPI, TCPO e outros), verificou-se que o tijolo ecológico de solocimento pode apresentar economia em relação a outros tipos de alvenarias (tijolo baiano e bloco de concreto estrutural) na construção de paredes finalizadas. Estas economias podem variar de 5,00% (no caso de tijolos ecológicos rebocados e pintados na área interna e resinados e rejuntados na área externa em comparação com tijolos baianos de 15 com reboco e pintura internos e externos) até mais de 40% (no caso de tijolos ecológicos resinados e rejuntados nas áreas internas e externas em comparação com tijolos baianos de 15 com reboco e pintura internos e externos).



Via Trindade Tijolos Ecológicos
__________________________________
Editora: Naely Ferreira da Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.