sexta-feira, 29 de outubro de 2021

Museu do Oscar é concluído e ganha nova data de inauguração


Nove anos depois de anunciar o projeto, o renomado arquiteto italiano Renzo Piano concluiu as obras do Academy Museum of Motion Pictures, o Museu do Oscar. O espaço, situado em Los Angeles, nos Estados Unidos, conecta dois edifícios: um prédio histórico de 1939 e uma estrutura esférica projetada pelo arquiteto. Por conta da pandemia, a inauguração do instituto cultural, que iria ocorrer em abril deste ano, foi adiada para 30 de setembro.  

Avaliado em cerca de US$ 500 milhões (cerca de R$ 3,3 bilhões), o museu é inteiramente dedicado ao cinema e às artes visuais. O local, operado pela Motion Picture Academy, ocupa parte do antigo edifício May Company Building, que agora é conhecido como Saban Building. O prédio teve parte de sua arquitetura original preservada pelo arquiteto e recebeu uma chamativa fachada dourada em formato de cilíndro.  

O Museu do Oscar possui dois salões que devem exibir produções atuais e filmes que marcaram a história do cinema. A primeira sala, denominada David Geffen Theatre, conta com 1.000 lugares. Já o segundo espaço, nomeado Ted Mann Theatre, é um pouco mais compacto e pode receber até 288 pessoas. Além de exibir filmes, os dois espaços podem ser utilizados também para apresentações de orquestras.  

A instituição cultural conta com uma coleção de 12,5 milhões de fotografias, 237 mil filmes, 65 mil pôsters e cerca de 133 mil peças de arte utilizadas nas produções de Hollywood. Os visitantes poderão transitar ainda por uma sala com estatuetas do Oscar que simula uma noite de premiação do evento.  

Com a conclusão das obras e a nova data de inauguração estabelecida, a instituição cultural anunciou uma série de eventos virtuais e gratuitos que começarão em abril e terminarão somente no dia da inauguração, em setembro deste ano. A programação, divulgada no site do museu, inclui a exibição de filmes, uma exposição em homenagem ao animador japonês Hayao Miyazaki e uma conversa com o diretor e vencedor do Oscar, Spike Lee.


Via Casa Vougue

__________________________
Editora: Naely

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.