sexta-feira, 29 de maio de 2020

Plataforma online reúne 280 publicações e livros de fotografia

Pesquisadores e entusiastas da fotografia têm agora mais uma grande ferramenta à disposição. Acaba de ser lançada a Base de Dados de Livros de Fotografia (BDLF): uma plataforma de referências bibliográficas exclusivamente dedicada aos livros fotográficos. O projeto foi idealizado pelo fotógrafo e pesquisador Leonardo Wen, e começou a ser executado em 2018, com financiamento do edital Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.

Trata-se de uma ferramenta inédita, no Brasil e no mundo, que se destaca pela possibilidade de aproximar o leitor das obras catalogadas. Cada título possui uma página de apresentação própria na plataforma, que além das informações bibliográficas, traz também uma porta de acesso ao livro: seja visualizando algumas das páginas digitalizadas; seja passando virtualmente as páginas daquelas que estão em formato PDF; seja através de vídeos demonstrativos.

Cada fotógrafo(a) e cada editora citada também possui uma página de apresentação, com a listagem de publicações relacionadas ao seu nome. Há, ainda, uma seção de Artigos no site. Assim, além de funcionar como base de dados e biblioteca digital, a BDLF constitui-se também um espaço de reflexão crítica sobre fotografia e artes gráficas. Todas as 280 publicações catalogadas nesta etapa tratam de Brasília, e foram lançadas desde a época da construção da cidade até os dias de hoje. São publicações de diversos tipos: coletâneas, catálogos (de exposição, turísticos e institucionais), entrevistas, zines, revistas, jornais, livros de artista etc..

A BDLF, entretanto, não se resume a Brasília: a intenção é abarcar toda a produção editorial brasileira de livros de fotografia no longo prazo, com a possibilidade de abrir-se a outros países latino-americanos. A 2ª etapa do projeto será lançada em outubro de 2020, e abarcará os livros de teoria, crítica e história da fotografia, produzidos desde 1970 por pesquisadores brasileiros. Já a 3ª etapa, prevista para ser lançada em fevereiro de 2021, focará nas publicações fotográficas lançadas entre os anos de 2010 e 2020 em nível nacional, com foco nas editoras de pequeno e médio porte e nas obras auto-publicadas. A 4ª etapa, prevista para 2022, abarcará a produção editorial dos anos 1980, 1990 e 2000.

O objetivo da plataforma é contribuir para a documentação, difusão e proteção dos livros de fotografia enquanto segmento do patrimônio bibliográfico nacional.  Acesse a Base de Dados de Livros de Fotografia e navegue pelo acervo de livros de fotografia. Confira que, Vale o Clique!

Via ArchDaily 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.