sábado, 2 de maio de 2020

Aluna de arquitetura pinta série de prédios em art déco de Goiânia

Goiânia - Foi após perceber que o grande acervo a céu aberto de prédios em estilo Art Déco em Goiânia às vezes passava despercebido que a estudante de arquitetura da PUC Goiás, Luisa Alves, decidiu fazer aquarelas com todos os edifícios da capital goiana construídos neste estilo arquitetônico.

Para divulgar o próprio trabalho, mas, principalmente, o conjunto arquitetônico de Art Déco de Goiânia, Luisa começou a publicar as pinturas em sua página pessoal de arquitetura no Instagram.

Em entrevista ao jornal A Redação, Luisa contou que a ideia de registrar em telas cada um dos 22 prédios em Art Déco surgiu após um trabalho da faculdade sobre o estilo. “O objetivo nasceu como forma de aprendizado para mim, que moro no Centro de Goiânia, e para outras pessoas também. Isso como forma de voltar os olhos para a arquitetura da região de forma alternativa, pois percebi o quanto nós goianos passamos despercebidos por esses edifícios que possuem tanto valor histórico para a cidade e muitas vezes não reconhecemos”, contou ela.

De Goiânia para o mundo
Luisa contou ainda que ambiciona fazer com que seu trabalho chegue ao maior número possível de pessoas, através do poder das redes sociais. “Pretendo atingir os diversos tipos de público, tanto os que conhecem e atribuem um sentimento de memória aos edifícios quanto aos que não conhecem e atribuem que há uma importância ali”, revela.

A partir da experiência própria de não notar os prédios em Art Déco, Luisa conta que espera contribuir para que os goianos valorizem o grande acervo histórico presente na capital do Estado.

“Acredito que nós goianos precisamos reconhecer que temos uma arquitetura local com grande valor histórico para atribuirmos um sentimento de pertencimento e identidade sobre a cidade em que vivemos, supondo que se não conhecermos o passado, jamais iremos para o futuro”, explica a estudante de Arquitetura.

Santo de casa
O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, a Torre do Relógio da Estação Central do Brasil, também no Rio, e o Monumento às Bandeiras, em São Paulo, são dois exemplos de monumentos brasileiros que pertencem ao estilo Art Déco. O prédio mais famoso do mundo, o Empire State Building, em Nova York, também se enquadra neste tipo de arquitetura.

Luisa também atenta para a importância de conhecer e prestigiar o patrimônio histórico e cultural local. “Hoje percebo a diferença do quanto valorizamos mais a arquitetura do exterior, como o Empire State Bulding, que vemos em tantos filmes, artes e fotografias, enquanto temos o maior acervo do mundo nesse estilo no "quintal de casa" sendo escondido por outdoors ou até mesmo demolidos”, declara.

Via A Redação


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.